Projeto Voltando as Origens (Serviço de Acolhimento em Família Acolhedora)

É uma política pública municipal de apoio e proteção social especial à criança e adolescente. Trata-se de um atendimento prestado a criança ou adolescente em uma residência comum, onde são acolhidos em famílias moradoras do próprio Município.

São famílias voluntárias, cadastradas e capacitadas para receber, temporariamente, em suas residências crianças e/ou adolescentes com o compromisso de assisti-las em suas necessidades básicas tais como amor, dedicação, saúde, educação, lazer e contribuir na preservação dos vínculos familiares e comunitário com apoio da equipe do Programa Família Acolhedora.

Acolher não é adotar!

A criança acolhida não se torna filho, mas recebe todos os cuidados básicos, temporariamente, até que se defina seu processo jurídico.

Requisitos para ser uma Família Acolhedora:

 – ter maioridade legal;

 – residir em Ribeirão Preto;

 – não ter antecedentes criminais ou dependentes químicos na família;

 – não estar cadastrado na fila de adoção;

 – possuir uma rede de apoio formada por familiares

 

Projeto Brincadeira É Coisa Séria! (SCFV / Contraturno)

Serviço de convivência e fortalecimento de vínculos (SCFV) familiar e comunitário, que funciona em contraturno escolar, oferecendo atividades culturais e vivenciais, para (50) cinquenta crianças na faixa etária de (06) seis a (14) quatorze anos de idade, de ambos os sexos, sendo (25) vinte e cinco crianças no período da manhã e (25) vinte e cinco crianças no período da tarde.

Objetivos

Prevenir situações de risco à criança que vive em situação de vulnerabilidade social decorrente da pobreza, privação e/ou fragilização de vínculos afetivos, por meio de atividades pedagógicas que favoreçam o desenvolvimento de fortalecimento de valores humanos e afetividade, através de atividades educativas.